janeiro 28, 2012


não foi o destino, o 'por acaso', muito menos amor a primeira vista. Foi tudo devagar, sem pressas. E aos poucos eu apaixonei-me pelos actos dele, plas brincadeiras, plo modo de me fazer mimos e fazer rir, ou ficar zangada. Plo jeito divertido e o olhar tao doce. E além de estar junto dele todos os dias, eu queria tb estar todas as noites. Dormir e acordar ao lado dele, disputar no telemovel quem diz mais "amo-te", esconder as roupas dele só para o abrigar a procurar, estar ao seu lado para tudo e p todos, todos os momentos, tanto bons como maus, brigar mas não aguentar nem 5 minutos sem lhe falar, nem que fosse para dizer o quanto parvo é. Dizer que está tudo acabado, mas ter a certeza de que está só no começo, e que vai durar longos e longos anos... Os melhores da nossa vida! E hoje, contamos c um ano :))

2 comentários:

anónimo (: disse...

gosto muito (:
http://trueofmyhistorylife.blogspot.com/
vê se gostas (:

Marta'Santos disse...

Gosto*